O CredifilEmpréstimosCartão de CréditoCréditoFinanciamentoRefin.Consórcios

Liberação de crédito consignado cresce em 2011 - 21/02/2012

Liberação de crédito consignado cresce no ano de 2011, contrariando aqueles que afirmam que o mercado já estava saturado


por Marco Henrique Torres

O volume de operações de crédito consignado cresceu 1,53% no ano de 2011, se comparado com o ano de 2010. Segundo a Previdência Social, foram 10.267.233 contratos assinados no ano. Se calculado em valores, o crescimento foi de 5,97%, totalizando R$ 28,4 bilhões de reais.

A Previdência Social revelou também dados de empréstimos pessoais, que chegaram a R$ 28,37 bilhões. O aumento comparado com 2010 foi de 6,17%. Foram 10.204.259 operações, um aumento de 2,34% em relação a 2010. Se colocado em pauta apenas o mês de dezembro, houve queda de 9,68% na comparação com 2010, revelando desaquecimento no final de 2011. A Previdência Social reportou também dados do setor de cartões de crédito, com queda no número de operações, registrando 62.974 operações. O montante das operações também mostrou desaquecimento desse mercado.

São Paulo, estado mais rico do país, foi líder tanto no número de operações quanto no montante movimentado em 2011. A Previdência Social reportou que o estado concentrou R$8,156 bilhões em recursos e 2.564.916 contratos. Levando em conta região, o Sudeste responde por 4.839.933 contratos. Já o Nordeste fica com 2.737.600 operações e a região Sul com 1.735.55 contratos. O Centro-Oeste teve 465.234 operações e região Norte 282.413 operações.


» Voltar

Outros Temas


Brasil