O CredifilEmpréstimosCartão de CréditoCréditoFinanciamentoRefin.Consórcios

Crédito pessoal e cheque especial tem taxas mais baixas - 14/02/2012


por Marco Henrique Torres

A Fundação Procon-SP divulgou hoje pesquisa na qual afirma que as taxas de juros cobradas em cheque especial e crédito pessoal estão mais baixas. Apesar de afirmar queda nas taxas, a pesquisa mostrou que a queda é cautelosa e não muda muito o quadro para quem vai tomar empréstimo. Isto porque a taxa do cheque especial teve queda média de apenas 0,01%. Já no Branco do Brasil a queda foi maior, de 0,04%. A taxa média medida na pesquisa foi de 9,53% ao mês.

Já em relação ao crédito pessoal a taxa média é de 5,86% ao mês. A queda média encontrada para empréstimos pessoais foi também de 0,01%. Já no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal a queda chegou a 0,04%. Segundo o Procon-SP a queda baixa representa cautela do mercado em relação ao desenvolvimento do quadro econômico . Apesar da queda de 0,5% na taxa básica de juros os juros continuam altos para quem precisa de um empréstimo pessoal.

O consumidor que precisa de um empréstimo deve analisar bem as condições em que se encontra e tentar resolver as dívidas que já tem antes de tomar outros empréstimos. Para quem tem dívida de cartão de crédito ou cheque especial, por exemplo, é inteligente procurar outra linha de crédito para substituir a dívida existente por uma com taxas de juros mais baixas.

» Voltar

Outros Temas


Brasil